Em matéria da Exame, RSData explica sobre boa gestão de SST

Até o fim do ano, os acidentes e doenças ocasionados no ambiente ou em decorrência de atividades de trabalho deverão gerar prejuízo de cerca de R$ 4 bilhões às empresas e cofres públicos brasileiros.

De janeiro até agora, mais de R$ 1 bilhão já foram pagos em benefícios acidentários pela previdência brasileira, segundo levantamento feito pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que destaca que tais perdas são consequência da falta de boas estratégias e práticas de prevenção à segurança e saúde do trabalhador nas empresas.

Em matéria publicada pelo portal Exame.com, o diretor da RSData, engenheiro Rogério Luiz Balbinot, explica porque, para evitar estes danos, a segurança deve vir antes da saúde nas estratégias corporativas, e elucida como tecnologia especializada pode ajudar na gestão eficaz de SST.

Confira a íntegra da notícia em: https://abr.ai/2J0pM1C